Vamos falar sobre pelos faciais: este estúdio está explorando um setor negligenciado de cuidados com a pele — 2021

'Penugem de pêssego', 'bigodes' - como quer que você chame, pelos faciais é uma ocorrência normal para as mulheres, particularmente aquelas com condições hormonais como a síndrome dos ovários policísticos (SOP) ou altos níveis de andrógenos como a testosterona. Mesmo assim, sua própria existência (e até mesmo sua manutenção) permanece um tópico tabu. Os proprietários do PeachFuzz Laser Studio, com sede no Brooklyn, querem mudar isso. Depois de lidar com o crescimento excessivo do cabelo desde tenra idade - e passar anos recorrendo ao barbear como uma solução de curto prazo - Keisha Wagner-Gaymon descobriu que a depilação a laser era o tratamento mais eficaz para ela. No entanto, como uma mulher negra, ela não se sentia como se estivesse realmente sendo atendida ao terminar; estava claro que havia uma necessidade de depilação a laser de qualidade e acessível para peles negras.PropagandaUtilizando sua experiência em marketing e enfermagem, Wagner-Gaymon fez parceria com sua irmã, Kristin Lauren Wagner (que também tem experiência em saúde), para fundar o PeachFuzz Laser Studio. Enquanto o estúdio trata de todas as tez, seu foco principal é a cor da pele - e eles se dedicam a educar seus clientes sobre as causas do crescimento excessivo de cabelo nas mulheres. No último episódio de Caro, Black Love, feito em parceria com Alvo , estamos compartilhando a história das irmãs Wagner, incluindo seu desejo de criar riqueza geracional. “A propriedade de empresas é um grande impulsionador na criação de riqueza na comunidade negra e, com isso, você tem o potencial de fechar essa enorme lacuna de riqueza racial”, diz Keisha. Confira o vídeo acima para ouvir mais das irmãs sobre a importância de criar oportunidades para si mesma como mulher negra, a resiliência que aprenderam com a mãe e as ferramentas que adquiriram em várias carreiras ao longo do caminho. Propaganda