Diga adeus à culpa do papelão com uma nova plataforma de transporte sustentável — 2021

Uma noite no ano passado, em meio a um bloqueio induzido por uma pandemia, Oliva o fundador Nate Faust percebeu que um problema estava se acumulando. Enquanto ele puxava o valor de uma família de papelão descartado pela calçada de sua casa no subúrbio, ele olhou para sua rua e percebeu montanhas semelhantes de lixo de transporte pontuando as calçadas das casas vizinhas. Um veterano de longa data do cenário do comércio eletrônico (cofundador da Jet.com e ex-chefe da cadeia de suprimentos online doméstica do Walmart), Faust estava intimamente familiarizado com a infraestrutura que possibilitou esse empilhamento - mas foi nesse momento que ele percebeu uma falha ponto estava próximo. Estamos há 25 anos no e-commerce, explicou ele, mas esta é a experiência de entrega do status quo - mais de 10 bilhões de remessas por ano enviadas em embalagens descartáveis ​​e descartáveis? Não foi apenas o acúmulo de lixo físico associado às remessas que o abalou. Olhando pela janela da frente no ano passado, trabalhando em casa, diz Faust, eu observava dois, três, quatro, às vezes mais caminhões de entrega por dia vindo para minha casa, despachados por uma série de transportadoras diferentes como UPS, FedEx, Lasership, DHL e Amazon, todos operando de forma independente, obstruindo estradas e engolindo gás enquanto faziam várias viagens para o mesmo endereço. Eu meio que me dei conta de que ... isso é loucura. Um pouco mais de um ano após o momento da lâmpada de Fausto, Oliva chegou: a nova plataforma de transporte marítimo com a missão de consolidar as entregas desnecessárias das transportadoras e reduzir o excesso de resíduos gerados pela indústria de transporte de varejo.Propaganda

Você pode fazer pedidos nos locais onde normalmente faz o pedido e tudo o que você pede é entregue em entregas consolidadas em embalagens reutilizáveis ​​uma a duas vezes por semana.

Nate Faust, Olive FOunder O nome verdejante deriva da missão de Olive [de] sustentabilidade [com uma] proposta de consumidor focada na conveniência. Queríamos um toque de verde na marca e, nos tons de verde, gostávamos mais do Olive. Loja verde; loja Olive, Faust explica. Ele estava pensando em seu próximo empreendimento desde que deixou o Walmart em 2019 e percebeu que estava exclusivamente equipado para criar uma solução de longo prazo para as práticas ineficazes e de desperdício que são a norma para a maioria das remessas de varejo em todo o país. O resultado é uma ferramenta fácil de usar que combina a profunda experiência de cadeia de suprimentos do Faust com uma infraestrutura de back-end incrivelmente complexa, permitindo que os clientes concluam e gerenciem pedidos on-line por meio do Olive - e a empresa, por sua vez, executa as remessas de olho em minimizando viagens e embalagens. Você pode fazer pedidos nos locais onde normalmente faz o pedido e tudo o que você pede é entregue em entregas consolidadas em embalagens reutilizáveis ​​uma a duas vezes por semana, dependendo de onde você mora, explica Faust.

Quando os itens aparecem, você os tira, dobra a embalagem, deixa na sua porta.

NATE FAUST, OLIVE FOUNDER Apesar da complicada teia de tecnologia que alimenta Olive, a marca criou uma experiência de checkout que parece perfeita; depois de se inscrever e inserir seu endereço, você será solicitado a baixar a extensão do Chrome da plataforma. (Para aqueles que preferem uma experiência de compra com rolagem, Olive também oferece um aplicativo.) Depois de fazer login, você obterá um pop-up rápido sempre que chegar a um varejista afiliado à Olive. Ele aparece novamente na finalização da compra, onde você será solicitado a aceitar seu endereço Olive preenchido automaticamente - um centro de distribuição onde as remessas de centenas de lojas são consolidadas e reembaladas em remetentes reutilizáveis, semelhantes a caixas, feitas quase inteiramente de plástico reciclado e programada para entrega nas casas de clientes individuais aproximadamente uma vez por semana. Quando os itens aparecem, você os tira, dobra a embalagem, deixa na sua porta, explica Fausto. Se você tiver algum retorno, coloque-o de volta ali; feche-o. Dois cliques no aplicativo Olive para nos dizer o que você está enviando de volta, a mesma coisa - deixe na sua porta, ou com o seu porteiro, ou na sua sala de correspondência. Nós o recolhemos, devolvemos esses itens ao revendedor e garantimos que você receberá seu crédito.Propaganda

O elemento de conveniência do rastreamento unificado e entrega única, bem como o benefício da consolidação - essas oportunidades são as maiores na moda.

Nate Faust, fundador da Olive Então, isso nos leva à pergunta de um milhão de dólares: o que exatamente você pode comprar na Olive? Para nossa sorte, a plataforma tem parceria com - para colocá-lo cientificamente - quase cada um das nossas marcas de moda favoritas . A lista parece um anuário assinado por todos os nossos melhores amigos (da moda); de varejistas de peso como Antropologia ou Pessoas livres a rótulos esportivos como Adidas ou Hoka One One e mais impressões de nicho como Kule ou Khaite . A decisão de lançar no espaço da moda Resultante de vários fatores que são exclusivos da categoria de vestuário, Faust explica: É a maior e mais fragmentada categoria online - onde as pessoas compram nos mais diferentes lugares. Portanto, esses benefícios do elemento de conveniência do rastreamento unificado e da entrega única, bem como o benefício da consolidação - essas oportunidades são as maiores na moda. Além disso, ele acrescenta, com as taxas de retorno que são mais altas na moda, o benefício da coleta fácil na porta é enorme. Embora a plataforma já tenha reduzido as remessas para as casas dos clientes em 20% após menos de três meses no mercado, é apenas a ponta do iceberg para a marca ambiciosa. Esperamos cobrir a longo prazo tudo o que você pode comprar online, diz Faust. E de acordo com ele, os consumidores de e-commerce estão prontamente adotando o novo serviço: já existem clientes em nossa plataforma que obviamente amam comprar desta forma - eles têm feito um muito de fazer compras com a gente. Na revista Cambra, estamos aqui para ajudá-lo a navegar neste mundo opressor de coisas. Todas as nossas escolhas de mercado são selecionadas de forma independente e com curadoria da equipe editorial. Os detalhes do produto refletem o preço e a disponibilidade no momento da publicação.